Artigos relacionados

Um comentário

  1. 1
    Avatar

    Maria Aparecida da Silva Salles

    Parabéns pela Matéria, Gutemberg! Me identifiquei em grande parte dela. É tudo isso que você disse e mais e mais! Fui contando pra minha filha, desde quando bebê, como forma de história de conto de fadas! E a cada dia acrescentava mais um pouco e ela ia crescendo e sempre me pedia pra contar a mesma história até que um dia ela se identificou e me disse: ” sou eu mãe?”. Não precisei escolher um tempo, um dia ou uma hora pra contar. Hoje ela é bem resolvida e conhece a família biológica e convive com ela.

    Responder

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

® 2014-2019 Diário de Caratinga - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Xvelox Digital Solutions  Website Security Test

error: Content is protected !!